Vale a pena ter um cartão de crédito consignado?

cartão de crédito consignado

Você já experimentou o cartão de crédito consignado? Para algumas pessoas, ouvir o nome “cartão de crédito” dá até um calafrio. Isso porque não existe no mercado de crédito uma modalidade mais abusiva do que o cartão de crédito tradicional.

Mas a boa notícia é que existe uma modalidade de cartão de crédito que pode apagar essa imagem tão negativa que os cartões tradicionais criaram. Trata-se do cartão de crédito consignado, também chamado de Cartão INSS.

Como o cartão de crédito consignado funciona?

Ele funciona basicamente como um cartão tradicional. Você possui um limite de crédito para gastar e, conforme vai pagando as faturas, ele limite volta a ser liberado. A diferença está, basicamente, no juros que são bem menores e na forma de pagamento da fatura.

Como a maioria já sabe, os cartões tradicionais emitem uma fatura detalhada com seus gastos para você pagar (ou não), dando a possibilidade de um pagamento mínimo, o que não diminui em nada a dívida por causa dos juros.

No cartão de crédito consignado, não existe a possibilidade de não pagar ou escolher pagamento mínimo, pois a fatura vem descontada diretamente no seu holerite. Isso pode ser visto para alguns como uma vantagem ou desvantagem.

Para aqueles que preferem “nem ver” a fatura para não precisar escolher se paga ou não, é uma excelente opção. Inclusive, os juros do cartão de crédito consignado são mais baixos justamente por causa dessa certeza de pagamento.

Quais as vantagens do cartão de crédito consignado?

Bom, obviamente uma das principais vantagens está no fato de que o cartão INSS não permite o endividamento. Isso porque, como já falamos acima, o as faturas são descontadas de maneira automática, diretamente na folha de pagamento.

Outra vantagem é que o cartão de crédito consignado não possui anuidade como a maioria dos outros cartões, além de também não consultar o SPC e o Serasa, assim como o empréstimo consignado.

Quais as desvantagens do cartão de crédito consignado?

Assim como o cartão de crédito tradicional, o cartão INSS pode ser útil para quem tem um bom controle financeiro, ele pode ser um terror nas “mãos erradas”. Mesmo tendo um limite de 20% do salário para ser usado, é preciso ter discernimento do que vale ou não vale a pena comprar com ele.

Se você precisa de dinheiro rápido e numa quantidade considerável (para pagar dívidas, por exemplo), prefira o empréstimo consignado. O dinheiro cai integral na sua conta e os juros são menores do que o do cartão de crédito consignado.

Procure usar o cartão INSS para emergências e não para compras cotidianas ou gastos em futilidades. Isso pode gerar uma crise financeira para você e/ou sua família.

Uma outra desvantagem, se é que podemos falar assim, é que no caso de funcionários privados, é preciso que o empregador tenha algum tipo de parceria com um banco ou instituição financeira que ofereça cartões de crédito consignados.

Afinal, vale a pena ou não ter um cartão de crédito consignado?

É claro que cada um deve avaliar os prós e os contras conforme a sua realidade, mas de maneira geral, o cartão de crédito é super vantajoso em relação aos cartões de crédito tradicionais.

Em termo de juros, ele só perde para o empréstimo consignado, mas pelo menos você usa apenas quando for necessário, uma vez aqui outra acolá. Sem comprometer seu salário por muito tempo. Dá uma maior sensação de controle.

Pense bem antes de adquirir um cartão de crédito consignado. Tenha toda paciência para pesar os prós e contras, e analisar suas finanças, para estabelecer um limite máximo para seu cartão de crédito.

Você tem (ou já teve) um cartão de crédito consignado? Qual foi a sua experiência?

Quer contratar um? Entre em contato com a gente!

 

[]
1 Step 1
NOMEseu nome
CPFCPF
DD
TELEFONE OU CELULARSeu número
QUAL VALOR PRECISA?VALOR
Previous
Next